Manias- Parte I - Tô ligando para pedir uma música

05:40:00

O silêncio na maioria das vezes é desconfortante. Na sala da espera aguardando seu nome ser chamado para fazer o temido ‘canal dentário’, seria ótimo receber uma palavra amiga, mas o silêncio endurece a sala. Na hora da prova, qualquer ruído incomoda. No primeiro encontro dar o primeiro passo é quase dolorido. No fim de uma reunião, o silêncio reina. E quando você pega um táxi? Trato logo de soltar “Será que chove?” para não ouvir o barulho terrível que o nada dizer faz. Eu, particularmente, gosto do silêncio em alguns minutos do dia, é até legal ouvir os próprios pensamentos. Mas, quando aquele apito começa a fazer barulho no ouvido, se não tiver ninguém pra conversar, falo com o peixe, com o espelho, devaneio qualquer besteira, só para não sentir o frio que o silêncio faz. Por esse motivo, tenho uma gama de temas para quebrar o gelo seja com quem for. Para o cobrador do ônibus pergunto sobre a rota, a atendente do dentista comento sobre algum show, na hora da prova pergunto que horas posso entregar e quando não tem ninguém mesmo, ligo o rádio e começo a conversar com o radialista. São manias de doido para evitar a loucura.

You Might Also Like

0 comentários