Sábado, Natal e vida.

11:10:00

Nascer em uma data com um significado do tipo da que eu nasci me fez ser uma pessoa em uma busca eterna. Uma busca que me revigora e que me faz sentir ser humano. Porque eu entendi que humanidade é sentir plenitude e só se chega perto do pleno quando se sente amor.

Estava assistindo agora um desses filmes que se repetem nas tardes de sábado e eu senti uma felicidade imensa me consumir, eu não tinha as melhores coisas e eu não era a pessoa que eu achava que deveria ser, mas tinha sentimentos. Sentimentos que me permitiam ver além daquelas cenas já decoradas. Faltam seis dias para o Natal e seis dias para o meu aniversário. Eu vou fazer vinte anos e a ficha ainda não caiu. Quando eu ainda vivia no interior de onde eu sai, e passava minhas tardes embaixo do pé de jambo falando em um telefone velho como se tivesse resolvendo grandes negócios e falando que "quando eu era grande eu era a Angélica" eu não imaginaria que hoje estaria assim, prestes a completar duas décadas, a verdade é que eu ainda não sou famosa como sair predestinada a ser, mas já tinha conquistado muitas coisas. Na verdade, não eram tão grandes assim mas podem ser consideradas significativas. Eu continuo recortando revistas para fazer capas de caderno, mas agora eu trabalho e tenho um salário. Juntando tudo que já conquistei o grande quebra-cabeça da vida vai se juntando, são poucas peças que estão encaixadas, mas eu me sinto forte, ainda tenho muito tempo.  
E como eu disse no início, eu sou uma pessoa que busca, não tenho garantias que meus planos darão certo, nem não tenho certeza do que eu quero, mas são coisas concretas que mantém aqui. Foram sentimentos de verdade que me trouxeram até aqui. São muitos sonhos. E eu não vou embora sem a realização deles. Eu não preciso de muitas coisas para me fortalecer, às vezes um simples filme repetido em uma tarde de sábado serve para me revigorar. E é assim que me sinto agora.

"Eu vejo a vida tem vários caminhos
E entre eles o destino improvisa
Os pequenos detalhes da vida
Resposta esta escondida"

You Might Also Like

1 comentários

  1. Fiquei aqui imaginando como deve ser fazer aniversário no Natal. Imaginei a ceia com um bolo no meio e todos sorrindo. Ah.
    Como é fazer aniversário no Natal, Marília?
    "Juntando tudo que já conquistei o grande quebra-cabeça da vida vai se juntando, são poucas peças que estão encaixadas, mas eu me sinto forte, ainda tenho muito tempo." É verdade. Você é nova e ainda tem muito tempo para sonhar, realizar seus sonhos, acreditar que tudo pode ser possível se você tiver força de vontade e ter, cada vez mais, novos sentimentos bons capazes de recriar seu coração, restaurá-lo sempre que for preciso.
    Faz um tempinho já que eu estava querendo ler um texto seu e agora eu fiz isso. Senti-me muito bem ao fazê-lo. Suas palavras me tocaram, renovou o meu dia (mesmo estando quase no final). Elas me deram ideias de novos textos. Meus textos estavam caminhando muito para o lado do drama e ao ler a sua postagem, tive uma imensa vontade de inovar minhas palavras quando eu for escrever numa próxima vez.
    Continue escrevendo porque eu aposto que não sou a única que gostará de ler esse texto e os próximos que você criará.
    Boa noite.

    ResponderExcluir