coração, cachoeira, solidão, coisas assim.

14:39:00

Acho que estou cansada. De tentar ser, de fazer besteira, de me arrepender, de esperar, de ficar sozinha. 

Acordo às dez da manha, o sol brilha forte, vi quando abri a janela, mas não tive vontade de sair, a não ser pela obrigação de colocar o lixo lá fora. Sem fortes emoções, sem nenhum diálogo trivial. Nada. Nadica de nada. Lembro do dia anterior. e começa o devaneio.

Seres humanos são mesmo figuras estranhas. Pedem um minuto de paz e sossego e recebem um fim de semana inteirinho, mas não se satisfaz. Que droga! Ficar sozinha é um saco. Mas você não queria criatura?! Queria, mas não por tanto tempo. Cansei já. 
ah, queria ler um livro. Recebe-o. Já leu algum capítulo? Não, tô sem tempo. E por que queria se não tinha tempo?! ah, já vem você com perguntas difíceis.
Tá com fome? Tô. Vai fazer alguma coisa pra comer. Eu não, tô com preguiça. 

Sim, ela tinha milhares de coisas para fazer. Um livro para ler e fichar, os lençóis para tirar do varal, organizar o trabalho do dia seguinte, esticar suas madeixas e outras cositas más. Mas, simplesmente, compulsoriamente apertava o F5 na página inicial do orkut na esperança de alguma novidade. E nada acontece. Nadica de nada
Ela não é do tipo comum, não que seja falta de modéstia, mas se você a conhecesse veria que ela busca alguma coisa que ainda não sabe o que é. E comum era uma coisa que ela não era. Definitivamente não. Há quase meia hora ela repete a mesma música :" de cima da cachoeira um coração pediu socorro", sim. era o dela. Que esperava de cima da cachoeira, que ele esquecesse do sonho ruim e que lembrasse dos sorrisos bobos.
O que custaria? Sei, sei. Custaria muito. Mudando de água para ice, ela sentiu uma insana saudade de casa, do cheiro do mato, na areia fina, das vozes conhecidas. de um colo?! Sim, agora ela sabia o que queria. Um colo. Aconchego. Essas coisas de um domingo a noite.
Mas a realidade era outra, e ela percebe que precisa ler o livro e fazer alguma coisa para comer. Ela vai. Ou melhor, vou fazer para ela.

Não diga que sou louca. Desde o inicio eu deixei claro que era apenas um devaneio.
Ou sim, um desabafo. (?)

You Might Also Like

3 comentários

  1. SUHAUHASUHAS.. eu entendoo, pois tenho um moonte de livros para ler também, mas as vezess não da vontade. :'/
    Parabéns pelo blog! Adorei aqui! *-*
    Bjss :*

    Por Bella

    ResponderExcluir
  2. O tédio [e a prguiça] consumindo nossos dias rsrs.
    É horrível essa sensação de falta de novidades,de...mesmisse.

    "-Preciso estudar física.Preciso ler tal livro.Preciso fazer tal coisa.OK...mas não agora,faço isso depois."

    Adorei o devaneio ( :
    Beijoos =*

    ResponderExcluir
  3. Eu também sou cheia de coisas pra fazer mas não faço nem metade por preguiça, mas não deixa isso tomar conta da sua vida não. Eu faço os mais importantes!
    =1

    ResponderExcluir