o que você quer ser ?!

19:46:00

Escrever não é uma coisa que você simplesmente decide fazer pelo resto da vida. Escolher pela profissão de jornalista não é coisa fácil.
O salário é pouco, o trabalho é muito, e o desafio de estar se superando é constante. Dificilmente você vê algum jornalista em férias no Hawaii ou curtindo uma festa em família. Eles abdicam de muitas coisas em prol do doce(e amargo) sabor da busca pela notícia. Pelo furo. Pela inovação.
E já na universidade você sente isso, e não nego que dá um certo medo. Porque além dos sonhos de um futuro brilhante, cidade grande e badalações diárias, eu venho com uma carga pesada de vida interiorana e fim de tarde vendo a novela das seis.
Como eu disse algumas vezes, eu tenho sim desejos revolucionários, mas no fundo sou uma criatura um tanto quanto conservadora e que não mistura leite com manga. Por muitos momentos passou despercebida de tão silenciosa, mas que de uma maneira contraditória quer ser conhecida, pelo seu trabalho, pelas suas palavras.
Jornalismo é verdadeiramente é um desafio. E quem disse que o saboroso não é difícil. E quem falou que durante a caminhada eu não posso ter dúvidas ?!
Bom...o que eu posso falar disso tudo é que eu me permito. Permito-me pensar em ser psicóloga hospitalar e  ser uma grande professora de história ou doutora em cultura brasileira.
E mais que isso, eu me permito ser JORNALISTA.


You Might Also Like

5 comentários

  1. primeiro, PRECISO dizer que adorei a foto do post! haha
    segundo, eu também quero fazer jornalismo... de verdade, ainda tô no terceiro e tal, mas sempre tive a convicção de que era isso que queria fazer, nem sei porquê, exatamente.
    Mas, além dos seus problemas, eu tenho mais um: realmente - e quando eu digo isso, é MUITO realmente - eu não sei escrever bem. Mesmo.
    Tento, tento,tento, mas eu tudo sái uma droga! haha
    mas enfim, nem é sobre falta de auto-estima o post,não é?
    eu adorei, e até consegui sentir o meu nervosismo se, um dia, eu entrasse pra faculdade! :)
    beijo ;*

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente gostaria de dizer o quanto me fz bem ler o que o vc escreve,e acredite:venho sempre aqui,apesar de ser a primeira vz que faço um comentário.Ultimamente tenho me sentido assim,com medo,sem saber o que fazer e o que pensr.Derrepente tudo desmorona como um castelinho feito na areia.
    É estou falando do vestibular,perdi pela segunda vz,e isso me deixou muito arrasada,to com a cabeça cheia de dúvidas em relação as minhas escolhas,de tanto me falarem to quase desistindo de Fono que um sonho,mais pela instabilidade da profissão,ja não sei mais o que eu realmente quero.Como diria Shakespeare:"Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto"...
    É minha cara jornalista... a vida de cada um de nós é composta por uma sucessão ininterrupta de escolhas,e é tão difício escolhe-las.
    Enfim,vou continuar persistindo,mais um ano de cursinho,mais um ano de luta e expectativa,e isso é o pior,tenho medo dessa palavra:"expectativa"...

    Beijoss Primaaa...teadoroo!

    ResponderExcluir
  3. E lendo os teus textos, tenho certeza que será uma excelente jornalista!
    Gosto muito de teu blog.

    Tem selo pra ti!

    Beijos Marília!

    ResponderExcluir
  4. Marília, feliz dia internacional da mulher!

    Beijos pra ti!

    ResponderExcluir
  5. E se o jornalismo der errado, vire uma blogueira de profissão.

    ResponderExcluir