quando o ser humano é o caminho. E só Deus faz possível.

18:20:00


É difícil começar um texto porque embora existam milhares de possibilidades de iniciar, a dúvida perdura. E por mais que achemos o correto, sempre haverão outras novas palavras. E assim acontece na nossa vida. Como sempre falam, quem vê um rosto não vê uma vida, nem o pensamento, nem planos e nem nada. Nossa visão é muito limitada, as perspectivas também podem não ser consideradas as reais e de uma instante para o outro quando tomamos consciência do que existe por detrás do 'eu' de verdade, tomamos um susto, ou melhor dizendo, um choque de realidade.
Vez ou outra eu me deparo com situações que me fazem pensar, ou imaginar que por mais que a gente olhe um rosto, não imaginamos o que se passa pela sua história. Não que exista distância entre os seres humanos, ou exista mesmo um limite entre a minha vida e a do outro. E em meio a esses sentimentos, lembrei de um pouco conhecido pelo, mas tão necessário.
Altruísmo  é um sentimento de quem põe o interesse alheio acima do seu próprio, assim está no dicionário.
O que pouco se sabe é que o verdadeiro altruísmo é utilizado em proporções diferentes pelas pessoas, e isso não pode ser medido. Já que as pessoas são dotadas de maneiras distintas de enxergar as situações. 

Altruísmo é a arte de viver para os outros, essa é realmente uma arte, ou melhor, um desafio
Sentimentos, proporção, relacionamentos é tudo muito subjetivo, por vezes até indecifrável de se viver ou entender. E quando não encontramos respostas lógicas para o que acontece no nosso dia-a-dia, eu chamo, carinhosamente de : SINAIS.

You Might Also Like

6 comentários

  1. A aparência nos confude sobre o que são realmente as pessoas. É como uma maquiagem que usamos para esconder as marcas do rosto. Porém quando as pessoas são transparentes a aparência deixa existir. E o ser humano se mostra nu, sem nada que possa impedir que as pessoas os vejam como ele é.Eu e você sabemos de quem esse texto fala. E sabe Marília, as vezes somos egoístas ao achar que nossos problemas são maiores do que os do outro. E as vezes alguém do nosso lado precisa só de um sorriso, mas por estarmos preocupados demais conosco, elas passam despercepidas. E pessoas que precisam só de um sorriso cruzam constantemente por nós. Nos apegamos a tantas coisas supérfulas quando o essencial é invisível aos nossos olhos.

    ResponderExcluir
  2. Eu não acredito que a questão do altruismo seja uma "elevação" da caridade ao egoísmo da sociedade, e sim a caridade da sociedade sob o egoísmo individual. E me pergunto até que ponto ser altruísta é benéfico para o indivíduo? Ah, eu também não sei.

    ResponderExcluir
  3. Queria uma ajuda sua se você puder é claro tou fazendo um declaração de amor pra uma pessoa muito especial e gostaria de sua ajuda ex: você tira uma foto sua e escreve esses dizeres Fernanda aquixxx (o nome da sua cidade ) todos ja sabe que Herberth te ama muito, mas informações no meu blog se você puder divulgar abradeço de coração...

    ResponderExcluir
  4. Realmente, nos dias de hoje, é um desafio ser altruísta!
    =1

    ResponderExcluir
  5. Amei seu post...encantada com cada palavra...e usando palavras já ditas/escritas:
    ""E sabe Marília, as vezes somos egoístas ao achar que nossos problemas são maiores do que os do outro""

    amei tudo, estou seguindo!
    bjos flor

    ResponderExcluir
  6. Sensacional.
    Eu gosto tanto do jeito que você escreve. É tão maduro e belo!

    Marília, você foi indicada ao Selo Querido Blog Meu!

    Beijos pra ti!

    ResponderExcluir