06:27:00

Me relacionar com outras pessoas sempre foi complicado, nunca desejei me envolver demasiamente, os homens sempre me deixam insegura, isso faz com que eu me preserve.
Logo quando iniciei minha vida amorosa, assumi um namoro, meus pais me criticaram muito, isso retraiu em mim a vontade que eu tinha de declarar as paixões.
Os anos foram passando e eu continuei vivendo assim: conhecendo garotos,me encantando, ficava e deixava claro, " não quero nada sério, não fique tão próximo de mim".
Essa barreira que eu criei para minha vida, me transformou numa pessoa de difícil acesso, em alguém que não sabe dizer a frase : ' Tô namorando.'
Sempre me pegava imaginando situações, e se eu namorasse fulano, e se ele fosse realmente especial, e se desse certo, e se, e se...e nada foi feito.
Depois de 5 anos desde a primeira e única vez que saiu da minha boca a frase que declarava uma paixão, eu me pego pensando, ' quanta coisa eu perdi, quantas coisas deixei de viver por medo'.
Não é fácil, também não está sendo fácil está falando sobre isso.
Nunca cheguei a pensar nas minhas atitudes a partir desse ponto, uma relação não-assumida, eu vivi isso a minha vida inteira e não prestei atenção no tempo que eu perdi.
Engraçado, como nesse momento, eu estou no meio de uma dessas relações, estou com uma pessoa que eu gosto, que admiro, mas não assumo, outra vez, pelo medo.
E sabe de uma coisa ? no instante em que comecei a escrever sobre isso, tomei uma decisão: Vou declarar ! Vou deixar de me prender no que os outros pensam sobre mim, quero assumir.
Estou sim, estou namorando, ele me faz muito bem, e nosso relacionamento está me ajudando a crescer,estou assumindo isso para mim.
Tenho 18 anos,tenho esse direito, ponto final.





Pauta para o Tudo de Blog

You Might Also Like

0 comentários