Matriz?! Eu ?!

04:37:00

De verdade, eu sempre pensei que fosse totalmente única. Que meus cabelos eram únicos, que o meu gosto pela música fosse único, e tantas outras coisas.
Mas a vida sempre surpreende, quando a gente vai conhecendo o mundo vai entrando em crise, afinal, somos apenas mais um na imensa multidão de pessoas únicas.
O engraçado é imaginar que nascemos nús, sem cabelos, sem dentes, e vamos criando uma personalidade em cima de tudo aquilo que vivemos, vamos nos adequando, ou nos excluindo dos que estão ao nosso redor.
Não diria que somos cópias, mas, um complemento do que já existe. Porque por mais que tentemos nos destacar sempre irá ter uma pessoa que pensa como nós, que haja como nós e que tenha os nossos gostos e até o nosso cabelo.
Vivo em luta constante contra ser comum, não quero me adequar, mas só em pensar nisso, já me junto a tantos outros que também não querem.
Não sou cópia, mas de acordo com tudo que já vi, também não sou a matriz.


*Pauta para o site Tudo de Blog

You Might Also Like

0 comentários