Maçã

07:12:00


Ter a vida escancarada aos olhos alheios é extremamente dolorido. Ver o que se fez de errado,o mal-compreendido entre as bocas nervosas,não faz bem.
O respirar dói, o sono vira cansaço e o estar sozinho virá tormento. que loucura é essa?,onde o respeito se omitiu.
Quem será que nunca falhou? sua moral é fascista,meu caro?!
Não vá se empurrando pelos cantos. Todo mundo tem sua parte podre. Esconder por esconder é inútil,falar o mal-feito é pecado.
Os olhos do Criador permanecem atentos,sua lista de provações cresce.
Tirar a dor não é tão simples, o tempo talvez seja um aliado, sobre a ferida há uma casca.
No fim fica a cicatriz,a deformidade da pele.
Machuca-lhe o coração do teu irmão,falso cristão.
Esquece-te que tem erros, e vive na farsa. Será mesmo normal ser assim?!
Não penses no improvável, o mistério da vida é coerente.
Se cometes impulso, a maturidade cura.
O perdão chega.


Marília Macedo,em um de seus surtos de inspiração profunda.

You Might Also Like

0 comentários