Favalândia

13:27:00


Sou uma menina.
É isso mesmo, sou uma menina. Aquela história que nos 15 a menina passa pela transição de criança para mulher comigo não funcionou.
Nem senti que tive 15 anos, nem dancei a valsa, nem teve o príncipe, nem nada. Acho que vou ter uma crise existencial, a menina que tem 17 anos e não passou pelos 15.
Não tive paixões avassaladores,nem tomei um porre, não sei dirigir, não pulei a janela para ir a uma festa e o pior,não cresci!
Sempre me falavam que era precoce,que me preocupava com os problemas do adultos,que queria abraçar o mundo,não é verdade.
é verdade que gosto de filosofia,sou responsavel e respeito as pessoas.
Mas tem horas que não dá!
cansa ser certinha,
cansa ter um relógio no pulso e ter que responder todas as vezes que alguém pergunta as horas,
cansa debater o assunto Revolução Russa.
Nossa mãe! tô exausta.
Brinco de viver, e não vivo.
Me preocupo com aquilo que as pessoas vão pensar e não faço.

sem brincadeira hoje tô mandando tudo as favas!
e quer saber o quê mais,
não tô a fim de responder as horas,vá até Londres e veja você mesmo.



ps: gente,isso não são pra vcs,
é que hoje tô exausta.
ah..passei em Geometria!



You Might Also Like

0 comentários