Agradecida

19:41:00




Resolvi pegar um caderno antigo para colocar aqui no blog algum texto do passado, começo a folhear e me páro em um monte de folhas com pequenos trechos sem final, com frases soltas, falando de imcompressão, amores não-correspondidos, tristezas, e vejo como complico as coisas.
Hoje quando vi os comentários do post passado, fiquei feliz de uma forma, que não sei nem colocar em palavras. :)
Meu Deus! foi emocionante ler o comentário de Alexandre,que por sinal eu nunca tinha visitado o blog, ele escreveu aquilo que eu esperava que um amigo me dissesse,ou alguem da familia e tal.
e veio de um desconhecido.
Palavras sinceras, que me compreenderam, que fizeram eu me sentir normal.
Certo,que eu não devo comparar a vida real, a essa vida de internet, até porque aqui nós temos a liberdade de mostrar aquilo que queremos, que somos ou que queríamos ser.
O caminho que eu escolhi foi ser normal, ser humana e procurar gente assim. Não sou muito ligada a fantasias, uso o photoshop nas fotos mas não apago todas as imperfeições.
Escrevo sem o Word, para que os erros também possam aparecer.
E perceber que essa nossa escolha,está no caminho certo é gratificante. Não ganho nada de material escrevendo aqui, o que eu ganho vale muito mais. Eu recebo aprendizado, emoções, comentários especiais e pessoas que admiro a escrita.
Poucos amigos reais visitam meu blog, muitos nem sabem que ele existe, minha família não também não o lê.
São desconhecidos que fazem dele o que é, e aqui nessa imensa rede de pessoas,
sou uma desconhecida, a Lilah do Enlatando Marcas, ninguém sabe o número do meu sapato e nem dos meus sonhos secretos, aqui as pessoas só sabem o que escrevo.
E eu, só sei de vocês o que escrevem nos seus blogs.
é mesmo incrivel. =/
Gosto de me perguntar sobre questões estranhas, e agora fico aqui imaginando, quando eu só usava o meu caderninho de rabisco,ninguém o lia.
Que avanço! hoje tenho comentários, amanhã quem sabe um livro, e depois vai que alguém faz uma biografia minha, e logo estarei no Arquivo Confidencial do Faustão, que é meu objetivo. haha Gente, muito obrigada mesmo! por ler meus desabafos, comentarem e me ajudarem a resolver questões reais.
Vou deixar para vocês uma oração que fiz, nos meus muito momentos que me pego pensando em Deus.


"Deus,só te peço proteção e paz no coração
para aqueles que me amam
e até por aqueles que não sentem nada por mim.
Sei que a vida não é fácil,
tudo bem, aceito meus caminhos.
Mas se eu olhar pro céu
deixe que passe por suas asas um avião,
que me mostre que está longe do fim.
Não precisa me dá eternidade,
perfeição,riqueza e nem pretensão.
Volto a dizer meu tão bondoso Deus,
só te peço proteção e paz no coração."
Marília Macedo


ps: Foto do meu poeta preferido "Mário Quintana",
dono de boa parte da minha admiração.

You Might Also Like

0 comentários