Frestas da velha porta

08:36:00

Era uma porta que se fechava para nunca mais abrir, de todo modo, para que eu não esquecesse disso, anotei. Deixei recados por todos lado. "Lembre-se, não abra a porta." Era impossível esquecer. E passaram dias. Meses. E a porta de tanto fechada, emperrou. Não que eu tivesse tentado abrir, foi uma suposição. Afinal, seria até bom que isso tivesse acontecido. Passou chuva, sol, chuva, sol, chuva, noite, sol, chuva....A tinta descascou, a maçaneta enferrujou, e a porta tinha sido esquecida. Virou aquele tipo de coisa que de tanto olhar ficou comum.

Todos os bilhetes que eu havia escrito foram levados, papel não é tão resistente as mudanças de tempo. Era de se esperar. Tudo havia sido esquecido. A porta, o papel, o que tinha do outro lado. Uma ventania. Foi isso, tudo foi levado por uma ventania, lembro desse dia. A porta tinha envelhecido. A chave se perdido de tão guardada que estava. 

Assim são os sentimentos. De tanto que se guarda se esquece. De tanto que se esquece, descasca, enferruja, emperra. Some. Mas não há como sumir uma porta. Era velha, mas firme. E de repente, em uma dessas tardes comuns, onde o sol se põe, a lua se mostra, abriram-se frestas, pequenas. E foi onde na manhã seguinte tudo foi iluminado. As frestas na porta permitiam a entrada dos raios singelos de sol. E em cada tarde, mais frestas se abriam.

Era coisa do tempo. Do coração? Eu não me lembrava o que estava do outro lado. Depois de duas semanas com todas as tardes de rompendo em frestas, a porta se abriu. Escancarou uma luz tão forte que cegava. Escancarou o que o tempo havia levado. Mas que a verdade não levou.


Sentimentos escondidos. Atrás de portas. Que se abrem por frestas. Que de uma hora para outra escancaram. Bastava os dias. Chuva, sol, chuva, sol... 


You Might Also Like

2 comentários

  1. Como diria Zé Ramalho: Dura é a tarefa abissal de expressar através de palavras um sentimento.
    Você faz isso de forma impressionante!
    Mais um belo texto, só para variar!
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Oi, amei o blog. E estou vindo para ajudar na divulgação do meu blog, o blog JunhiimCe. Quem quiser seguir eu sigo de volta, comenta dizendo que seguiu. Ele fala sobre tudo, música, dança, novidades, Iphone, maquiagem, roupas, unhas, cabelo, look. Então vocês leitoras e leitores desse blog, de poder entrar no meu blog, conheça ele e se gostar pode seguir. Entre e veja se você gosta.

    Link: http://junhiimce.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir