Fechei a cara = Deletei o Facebok

05:11:00

Você desejar deletar definitivamente sua conta? Parece até uma grande decisão e talvez seja. A principal razão pela qual exclui o facebook não foi somente o meu vício em passar horas em frente a tela, foi o vício que tem atolado as outras pessoas. Um imediatismo assustador, uma mania em comentar, curtir, cutucar, compartilhar, que toma a maioria dos minutos do dia. Estava começando a me sentir invadida, pela lei da boa vizinhança você acaba aceitando gente que nunca lhe deu um bom dia e de repente percebi essas mesmas pessoas opinando sobre as coisas que faço no meu dia, as músicas que escuto e até sobre minha aparência. Verdade que já tinha isso no Orkut, mas a coisa ficou mais complexa, com menos controle.


É uma simples página onde você é monitorado sem querer, sem perceber, uma multidão de palpiteiros, um exército de comentadores, todo mundo se curte muito. E eu, pelo menos por enquanto, tô fora. Nunca gostei de ninguém me cutucando ao vivo, porque diabos vou gostar agora?! Eu não sou tão linda assim para receber tantos elogios, nem tão legal para ser tão curtida. Posso cansar? E sair por um tempo. Sumir.

Quando você não está tão presente nas redes sociais é logo questionado: “ Poxa, você anda tão sumido!”. O pensamento que vem é: “ Pqp, eu não me mudei, estudo no mesmo lugar, trabalho, tenho celular, ando na rua, compro pão, eu não sou facebook, minha cara não é livro para ninguém ficar folheando”. Mas respondo: “É...tava sem internet.”

Deletei. Tô meio perdida, sem ter o que fazer, mas essa sensação é passageira. Claro que adoro redes sociais, mas estou um pouco cansada. E fechei minha cara, quer dizer, o facebook.



"Aparências, nada mais,
                                                                 Sustentaram nossas vidas
Que apesar de mal vividas têm ainda
Uma esperança de poder viver."

You Might Also Like

2 comentários

  1. Havia acabado de fazer a mesma coisa quando resolvi dar uma olhada no seu blog achando esta postagem e, acredite, dei grandes gargalhadas, porque é exatamente o que sinto. Também fechei a cara, digo o facebook. Rs.

    ResponderExcluir
  2. Recomendo uma solução menos drástica e mais verdadeira... Digo não a política de boa vizinhança virtual, não aceito desconhecidos, às vezes não aceito conhecidos, pra dizer a verdade. Não respondo mensagens que não me interessam ou de pessoas desinteressantes... Desta forma mantenho o perfil mais mal humorado do Facebook, o meu.

    Obs. Gostei mto do blog.

    ResponderExcluir