O retorno das múmias

15:11:00

" Época triste essa em que nós vivemos:
é mais forte quebrar a estrutura de um átomo
do que a estrutura de um preconceito "
-
Seres humanos são extremamente confusos. Cheios de seus pequenos valores enrustidos nas máscaras da desumanidade que o sistema oferece como traje de gala.
A globalização vem como o 'lobo na pele de cordeiro', se mostrando com altos teores de publicidade, com cores chamativas, bordões tipo 'chiclete' e uma massa de abandonados pela máquina do Estado.
Uma ironia do destino é perceber o quanto as pessoas que mais se colocam como poderosas, são as mais vazias.
Vazia de sentimentos pela vida, pelo próximo e coisa e tal.
Vejo gente que procura um sentido para sua existência,acredita em ideologias hipócritas e se perdem na poeira do tempo,esquecidos, como uma data comum que se vai.
Da mesma forma de que não deve-se entregar ao capitalismo, não podemos nos dar como vencidos e virarmos hippie ( a não ser que se tenha vocação ).
Viver não é fácil, mas também não é tão dificil.
Queria falar mais sobre esse assunto, mas uma música completa o texto,
-
"Bem aventurados sejam
Aqueles que amam
Essa desordem
Nós viemos a reboque
Este mundo
É um grande choque
Mas não somos desse mundo
De cidades em torrente
De pessoas em corrente.
Bem aventurados sejam
Os senhores do progresso
Esses senhores do regresso"...
(Múmias - Biquini Cavadão)
-
-O maior erro que podemos cometer na vida é nos entregar ao vazio, se tornando um medíocre, um número a mais no censo, um sorriso a mais na foto,
não fazendo valer essa oportunidade maravilhosa de ser ÚNICO.
Inconstante, idealista, sem noção, mas um ser humano ímpar.

You Might Also Like

0 comentários