Poema totalmente do contra

17:40:00

"é melhor mesmo continuar escrevendo
essas frases curtas, que assim amontoadas,
dão um ar de coisa, coisa pensada,e nem é, sabe?
nem é importante..."
não sei não onde estou, de onde devo continuar, ou para onde devo ir.
É muito confuso olhar a vida do ângulo que eu estou.
às vezes tudo parece se encaixar, num outro instante vira ilusão.
tenho coisas para fazer, livros para terminar,
e não consigo.
poderia passar horas olhando pro nada.
pode chamar de preguiça,talvez seja mesmo.
Queria por alguns momentos esquecer do orgulho,
da saudade,
da vaidade.
Do mundo.
Esquecer de mim.
ps: Tô precisando me distrair,
como dizem por Sergipe, desembaçar a mente.
Viajar talvez,
ou ficar em mim, longe de das horas.
Galera, bom são joão!
Bom descanso!
e a gente se vê por aí!

You Might Also Like

0 comentários