Circo dos desesperados

20:26:00

Por favor, ligue o som.
Deixe que toque bem alto aquela música que me faz sentir uma idiota, deixem que dancem, caçoem de mim, hoje eu mereço.
Abram alas para o grande circo que chega, com destaque para a maior palhaça de todos os tempos.É difícil falar a verdade ?!
Cospe logo ela na minha cara, deixa que eu junto meus cacos sozinha, aprendi a fazer isso com destreza, mas cospe tudo de uma vez, sofrer aos poucos é a pior desgraça para alguém no meu estado.
Faz outro favor ?! Senta aqui comigo, converse meia dúzia de lorotas, faça eu me sentir confortável com a tua presença, depois vai embora, e não volte. promete ?Não, não prometa. Você mente.
E eu acabo acreditanto, e o espetáculo começa novamente.Outdoors por toda a estrada me avisavam, grandes reportagens da TV foram feitas somente para me abrir os olhos, um carro de som parou na porta da minha casa e eu não ouvi.
Não vi, não ouvi, não falei, não acreditei. fui sentir.E quão grande serão as marcas, ficarão gravadas, e vão doer de vez em quando, talvez mais nos sábados, ou as 23h, terão seus momentos.
E eu irei passar por tudo isso, mas não se preocupe, ok ? Sairei mais forte, mais madura, um pouco mais panaca, mas com certeza mais humana.
Isso é realmente muito incrível, as pessoas me contam essas histórias, e eu prefiro não acreditar.o maior espetáculo da humanidade: O amor.abram alas, pequeninos idiotas com flores na mão



ps: este texto tinha sido retirado, mas a verdade veio à tona. :)
mas está tudo bem! segunda escrevo sobre minha nova vida, de universitária!
Jornalismo, aí vou eu! :)

You Might Also Like

0 comentários