Aconteceu.

05:01:00


No dia que te olhei eu senti alguma coisa estranha, o corpo estremeceu, e a voz sumiu.
Como na primeira vez que você falou comigo, eu sentia tanta alegria, passei o resto do dia pensando.
A primeira conversa, a primeira ligação, o primeiro texto que fiz pra você, o meu caderno cheio de frases, o meu coração cheio de medo que se entusiasma todo quando te vê.
Todo mundo fala coisas que não quero escutar, dizem que eu sonho demais, que você pode me machucar, que não é para eu te atender, apagar seus recados e esquecer você.
Mas eu acordo pensando em você, eu durmo pensando em você, dá uma vontade de ri e de chorar ao mesmo tempo.
Tem horas que o coração fica apertado, dá um medo, uma insegurança ou uma vontade de te abraçar e não te largar nunca mais.
É como se eu não enxergasse mais ninguém, não queresse ouvir mais ninguém. é estranho. eu estou assustada.
E sabe eu nunca quis me amarrar a ninguém, mas em você... :x
outra história já não faz sentido, outro telefonema já não me estremece, outra pessoa já não é suficiente.
é a sua voz que eu quero ouvir, é você... que eu quero ter pra mim.

porque quando a gente tá distante...falta um pedaço aqui. (L)

You Might Also Like

5 comentários

  1. É... Tem gente que nos faz sentir assim...

    Lindas palavras.

    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Vcê consegue resumir algo tão universal, tão comum, tão habitual e tão platônico assim...em 21 linhas. =)

    ResponderExcluir
  3. Que lindinha! Quanto a isso de outra pessoa não ser suficiente, chamam de paixão. :)
    Ahhh, PARABÉNS! Você acaba de ser sorteada pra fazer o meu novo layout! hahaha >.<

    ResponderExcluir
  4. você consegue descrever todos esses sentimentos confusos muito bem mew (: parabéns.

    ResponderExcluir