Digo ou não digo?!

14:54:00


Vocês devem saber que leio muitos blogs,todos os dias, e um tema que falam muito esta semana é sobre os bonitões que aparecem na nossa vida.
não tô na Capricho, mas deu uma vontade louca de falar sobre isso, então vamos lá!
Tudo começou numa segunda-feira, no meu antigo colégio, eu tinha 11 anos(uma pirralha sonhadora), naquela época eu acreditava em príncipes,cavalo branco e todas essas coisas que a gente só percebe que não existe quando quebra a cara.
Mas, voltando ao assunto, eu sempre estive acostumada com meninos da minha idade,normais, (porque pra mim não existia nem feio e nem bonito),eles viviam indo e vindo com uma bola de futebol.
Até aí eu tinha até gostado de um menino, estudava comigo e era super gente boa.
Bom...tudo muito bacana,mas nesse meio tempo apareceu no corredor da escola um raio de luz!
Era ele! tudo que eu havia sonhado! eu sentia que era ele!( só ele não sabia)
Naquele momento tinha começado minha saga que duraria 4 anos de um amor platônico e tosco!
Mas, depois de tem escrito tantas folhas tristes no meu diário, de ter feito músicas que não cantei ,de ter derramado lágrimas que nunca ninguém secou,valeu muito a pena...
Sabe por quê?!
Porque simplismente foi a melhor fase da minha vida,
tudo bem que era chato pra caramba ter as pernas tremendo, as palavras engasgando, e ter que procurar um buraco toda vez que ele passava!
Mas mesmo assim foi tão legal, tinha grupinho tipo fã-clube e tudo!
E dia que mais me marcou foi no final do ano passado,quando ele terminou o ensino médio e mudou de cidade,e eu resolvi escrever uma carta contando tudo!
Desde os 11 anos até hoje, falei que ele tinha sido muito importante na escrita da minha história, ele ficou super feliz e isso foi um presente pra mim.
É...hoje em dia ele continua distante de mim, não é mais meu amor platônico,
mas,continua lindo.
eu não consegui parar com a tremedeira e ainda faço músicas,
e vivo esperando que um dia eu possa me "curar"!
:D
"Todo mundo gosta de mim..."
Ps: um grande beijo a minha amiga do coração Ingrid Violetta,a flor mais bela do meu jardim!

You Might Also Like

5 comentários

  1. amei! todo mundo tem essas paixõezinhas platônicas e só depois vai descobrir que, na verdade, todo o sofrimento foi também diversão. sentir um friozinho na barriga é tãão bom ;}


    :*

    ResponderExcluir
  2. é ele na foto?

    que linda história, mas eu nunca teria coragem de fazer o que você fez, ahiahuiha. :D
    adorei!
    beijo.

    ResponderExcluir
  3. Nossa!
    que corajosa vc foi!Escrever uma carta, contando tudo...Nunca tive coragem de fazer isso com as minhas paixões platônicas da adolescência...
    Adorei!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. oi flor, vi só hoje seu comentario no meu blog (de muiito tempo atras). entao, obrigada por passar por lá!
    essa historia de bonitoes dá muito pano pra manga, haha.
    era só um oi, agora vou continuar fuçando no seu blog.
    beijo, Bi.

    ResponderExcluir
  5. hahaha que liindo xD
    realmente, é muito bom gostar de alguém :D

    ResponderExcluir